Por qual tipo de chá devo começar a fazer Tea Blends?

O que você vai encontrar neste artigo

Uma das perguntas mais frequentes na hora de criar Tea Blends é: por quais tipos de chá devo começar? A resposta é….

Se alguma vez você se perguntou sobre qual tipo de chá começar a desenvolver seus Blends de Chá, precisa antes saber que é uma das perguntas que mais são feitas pela grande maioria dos praticantes que desejam se tornar Tea Blenders.

Um erro muito comum na hora de começar a fazer Tea Blends é utilizar chás e ingredientes novos, com os quais você não está familiarizado.

Isso é um inconveniente porque se não conhece intimamente o chá base ou os ingredientes utilizados, se você não fez o exercício de “amigar-se” com eles antes de passar ao desenvolvimento, muito mais do que projetando Tea Blends, você estará fazendo provas às cegas.

Isso pode gerar muita frustração e poderá perder muito dinheiro em materiais…

Mas vamos voltar ao princípio…

O que São os Tea Blends?

O primeiro que temos que recordar é o que são os Tea Blends ou um Blend de Chá.

Os Tea Blends são misturas de chá com flores, frutas, especiarias, ervas e essências cuidadosamente selecionados para gerar sensações especiais nas pessoas que os bebam.

Tea Blend é o nome pelo qual esse tipo de produto é conhecido em inglês. De fato, Tea Blend significa literalmente “ mistura de chá”.

A característica mais importante dos Tea Blends é que são chás “complexisados”. Já sei que não existe essa palavra em português, mas eu gosto de usá-la para fazer referência ao fato que ao fazer um tea blend tentamos aumentar a complexidade sensorial de um chá.

Mas atenção! Aumentar a complexidade não significa matar sua personalidade ou esconder suas características com os ingredientes que adicionamos.

Aumentar sua complexidade significa “decorar” de alguma maneira nosso chá base para torna-lo mais interessante.

Então?

O mais importante na hora de fazer um Tea Blend

O mais importante na hora de desenvolver e produzir um Tea Blend é respeitar sua identidade, o que eu chamo de “primazia do chá”.

Mas também é muito importante trabalhar com materiais conhecidos, chás e ingredientes que já tenha analisado sensorialmente mil vezes e que somente ao mencioná-los possa visualizar seu sabor, aroma, forma, tamanho, cor…

O trabalho inicial de todo Tea Blender é “amigar-se” com os materiais. Isso vai fazer você economizar muitas horas de trabalho e muito dinheiro em provas frustradas.

Minha recomendação ao começar a fazer Tea Blends

Vou dar uma recomendação que vai permitir a você economizar muito tempo, esforço e dinheiro. De verdade!

Na hora de começar seu caminho com Tea Blender, aconselho você a fazer seus desenhos e protótipos utilizando os chás com os quais você esteja mais conectado, os que você venha bebendo e descobrindo há muitos anos.

Em geral no Ocidente estamos mais familiarizados com os chás pretos. São os chás que bebemos desde criança e os que nos acompanhar na hora do “chá da tarde”.

Dentro deste grupo de chás oxidados, recomendo a você selecionar as variedades mais familiares para você, e fazer o caminho inverso ao normal: em vez de escolher o chá que transmita o propósito escolhido para seu blend, se questione que aplicações pode ter essa variedade dada suas características sensoriais e funcionais.

Bem, espero que tenha tirado proveito dessas linhas e que essas dicas sirvam para seus próximos passos em seu caminho com o chá.

Eu adoraria acompanhar você de maneira personalizada para que você aprenda a fazer os melhores Tea Blends!

Se quer mais informação sobre nossa formação profissional de Tea Blender envie-nos um email ou preencha o formulário dessa página.

Victoria

Gostou deste post? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Sobre mim

Victoria Bisogno

Sou Victoria Bisogno, fundadora do El Club del Té e criadora da Técnica de Análise Sensorial de Chá, a primeira metodologia com fundamento científico focado na análise sensorial do chá.

Siga-me!

Posts recentes

Siga-nos no Facebook

Open chat
1
¿Necesitas ayuda?
Hola, Mi nombre es Florencia. ¿En que te puedo ayudar?