Os tipos de chá: 6 variedades, 6 cores para descobrir

Neste artigo, Victoria Bisogno convida você a descobrir os 6 tipos de chá, suas diferenças e suas propriedades.

Diferentes Tipos de Chá

Apesar de existirem diferentes tipos de chá, todos provêm da mesma planta, a Camellia sinensis, originária da China.

Embora seja muito comum na linguagem cotidiana de determinadas regiões referir-se a diversas infusões como chá – costumamos escutar “me dá um chá de menta”, “um chá de camomila”, “um chá de boldo”, entre outros – devemos saber que os mesmos não são exatamente chás, mas infusões de diferentes ervas ou “tisanas”.

Historicamente, os principais países produtores de chá têm sido a China, o Japão, a Índia, o Sri Lanka, o Quênia e a Turquia. No entanto, a cada dia, mais países produzem diferentes tipos de chá ao redor do mundo. A Argentina também produz chá, principalmente o chá gelado e em saquinhos e, em menor escala, o chá em folhas. A maioria desta produção é exportada para outros países, principalmente aos Estados Unidos e à Rússia. As variedades de chá preto e verde são as mais importantes na Argentina.

Cada país produtor elabora diferentes tipos de chá, aplicando diferentes processos às folhas da Camellia sinensis, a planta do chá, como por exemplo a oxidação, fixação ou fermentação. Assim é como chegam às nossas mãos centenas de chás de diversas origens e características organolépticas (os atributos que apreciamos por meio dos sentidos).

Tipos de Chá por Cores

Todos já escutamos falar alguma vez do chá vermelho, do chá branco, verde…, mas quais são as diferenças entre todas estas variedades de chá? Como dito antes, todas provêm da mesma planta de chá, mas a difereça está no processo que suas folhas sofrem dentro da fábrica na qual é realizada a elaboração. Os principais tipos de chá são:

Chá branco
Chá verde
Chá amarelo ou dourado
Chá azul (também chamado Oolong)
Chá vermelho (conhecido no Ocidente como chá preto)
Dark tea ou chá fermentado (que inclui o Puerh)

Propriedades dos diferentes tipos de Chá:

É importante destacar que o chá possui diferentes compostos químicos que ajudam a melhorar a saúde, gerando bem-estar geral e benefícios espirituais, uma vez que age do mesmo modo sobre o corpo, a mente e o espírito.

As propriedades do chá estão presentes nas diferentes variedades, embora alguns chás, em função dos diferentes processos de elaboração pelos quais passam, se diferenciam por beneficiar mais certas condições do organismo do que outros. Em geral, qualquer tipo de chá contribui para a saúde da seguinte maneira:

Protege e fortalece o sistema imunológico
Ajuda a reduzir o estresse e a combater as infecções
Ajuda a prevenir as cáries e as doenças das gengivas
Combate o processo de degradação das células provocado pelos radicais livres
Ajuda a manter as árterias saudáveis, protegendo contra acidentes cardiovasculares, trombose e doenças cardíacas
Colabora para a redução do colesterol
Ajuda a controlar a pressão sanguínea
Permite manter os níveis de açúcar baixos, evitando a diabete e a obesidade

A mesma planta, diferentes processos e tipos de Chá

Todos os tipos de chá se diferenciam em relação à forma das folhas, à cor das folhas e do licor, ao aroma, ao corpo e à adstringência na boca, entre outros atributos organolépticos. Muitas dessas diferenças dependem dos processos que são aplicados às folhas do chá na fábrica.

O chá branco é o menos processado de todos e podemos dizer que é o mais delicado de todos os tipos de chá. O chá preto está completamente oxidado, o azul parcialmente e o verde não passa por este processo. Finalmente, o Dark Tea (como o Puerh ou o Hei Cha) sofre um processo de fermentação. Mas todos, devemos lembrar, provêm da mesma planta de chá, a Camellia sinensis.

O mundo do chá oferece um leque de cores para desfrutar com a visão, o tato, a audição, o olfato e o paladar…. Quem disse que as cores somente podem ser vistas?

Blends de Chá

Atualmente, podemos encontrar no mercado uma grande variedade de chá saborizados, também chamados blends de chá ou Tea Blends, em inglês.

São misturas de chá com diferentes ingredientes como frutas, flores, ervas, especiarias e essências, cuidadosamente selecionados e combinados para dar uma bebida especial para cada pessoa e para cada momento.

Diferentes tipos de chás são utilizados nos blends, oriundos de diferentes origens. Podemos encontrar blends feitos à base de chá preto Ceylon (do Sri Lanka), Darjeeling (da Índia) ou de chá verde Sencha (do Japão) e Lung Ching (da China). A mesma coisa acontece com os chás brancos, azuis, amarelos e, inclusive, com os dark teas.

A Inglaterra, por exemplo, criou um dos blends mais conhecidos em nível mundial, o Earl Grey, que é uma mistura de chá preto com extrato de bergamota.

Cada blend de chá é elaborado buscando um encanto em particular e isso se dá tanto pela seleção do tipo de chá base, como pelos ingredientes. Assim, se obterá um blend com aroma, sabor e corpo especiais para cada ocasião.

Fonte: “Manual del Sommelier de Té” de Victoria Bisogno y Jane Pettigrew.
Del Nuevo Extremo (2014)

#LaCulturaDelTe

Gostou deste post? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Sobre mim

Victoria Bisogno

Sou Victoria Bisogno, fundadora do El Club del Té e criadora da Técnica de Análise Sensorial de Chá, a primeira metodologia com fundamento científico focado na análise sensorial do chá.

Siga-me!

Posts recentes

Siga-nos no Facebook

victoria bisogno

Olá! Se você quiser saber mais sobre o chá, convido você a conhecer nossos cursos.