A rota do chá – Viagem a China

China é a meca do chá, um país milenar que encanta os sentidos com seus mistérios e seus costumes.

Viajes de té por China

Quando eu ainda trabalhava como engenheira para uma empresa multinacional, todo mundo me perguntava porque eu gostava tanto de chá. Eu lhes descrevia os rituais que eu conhecia, as paisagens para as quais eu me transportava bebendo uma simples xícara de chá e como essa cerimônia cotidiana de observar as ervas, esquentar a água, medir a temperatura e esperar o tempo adequado, se transformava no meu momento de conexão comigo mesma, muito necessário em meio à loucura do trabalho.

O chá no escritório era minha meditação diária, meu abraço fraterno, meu elixir de conforto. Assim, eu sonhava em viajar ao país que viu nascer essa infusão e finalmente chegou o dia em que fiz minha mala e fui para China.

Depois de minha experiência em Londres eu já tinha certeza de que meu seguinte destino seria China. Para mim era uma simples verdade e uma necessidade interior. E para lá fui…. dando início à minha aventura em busca do chá.

O mais lindo dessa viagem, minha primeira experiência na China, foi ir com poucas expectativas. Pesquisei e programei todo o meu passeio de forma a conhecer não somente as plantações de chá, mas também a cultura das pessoas. Sempre me atraiu a história chinesa, seus costumes e suas lendas. Por isso, visitei as plantações, as cidades, os templos e, claro, os locais turísticos como a Grande Muralha.

De fato, esperava que esse fosse a melhor atração, mas não foi assim. Apesar da Grande Muralha chinesa ser absurdamente linda, assim como os templos, os soldados de terracota e os Budas gigantes, encontrei mais beleza nas pequenas coisas da China: as ruas, os contrastes, os odores, os olhares e os sorrisos das pessoas, as formas de realizar as tarefas mais simples e as paisagens de sonhos parecidas com uma pintura… Descobri que somos diferentes e iguais ao mesmo tempo, comparados com essa cultura tão extraordinária.

China é o país dos campos cultivados e das colinas talhadas com terraços de fulgurantes folhas verdes, tetos ondulados e lagos espelhados. Também é o pais das grandes cidades e dos povos antigos, que parecem tirados de um conto de fadas. Ali o chá se encontra em cada canto, em cada mão, em cada esquina. Nas ruas se vê grupos de homens fumando e bebendo chá.

As máquinas automáticas de bebidas não oferecem refrigerantes, mas oferecem chá. Nos restaurantes, tanto no almoço como no jantar, se bebe chá. Lembro especialmente da experiência de viajar de trem: cada passageiro em seu assento como uma garrafa térmica cheia de ervas, a garçonete oferecendo comida e para beber, água quente para preparar o chá. As lojas de artesanato que fabricam os bules, as lojas de chá e as casas de chá que celebram a cerimônia do chá, cada uma com sua marca única, fazem com que o descobrimento do chá pareça inesgotável.

Claro, além de todo esse bombardeio de imagens e sensações tão estimulantes, descobrir o leque de variedades de chá disponíveis nessas ruazinhas eleva às alturas disposição de qualquer amante da Camellia sinensis, superando todas suas expectativas. Ruazinhas nas quais em cada loja, uma ao lado da outra, te oferecem o melhor chá…. provocam um êxtase de adrenalina desenfreado.

Não seria a China a Disney para os tealovers? China é uma país territorialmente muito grande, com muitos costumes em torno do chá, que variam muito de acordo com as diferentes regiões. Assim, viajando por várias partes do país é possível empanturrar-se de experiências das pessoas ligadas ao chá, de todo esse amor pelo chá que é herdado, adquirido e cultivado.

Que lindo seria o mundo se tudo que fazemos, por mais simples ou insignificante que possa parecer, fosse feito com o carinho e o empenho que colocam os fabricantes de chá no fruto de suas mãos.

#ACulturaDoChá

Gostou deste post? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Sobre mim

Victoria Bisogno

Sou Victoria Bisogno, fundadora do El Club del Té e criadora da Técnica de Análise Sensorial de Chá, a primeira metodologia com fundamento científico focado na análise sensorial do chá.

Siga-me!

Posts recentes

Siga-nos no Facebook

victoria bisogno

Olá! Se você quiser saber mais sobre o chá, convido você a conhecer nossos cursos.